Produtor: Saiba como obter o selo de bem-estar animal

selo-bem-estar-animal

Clique na imagem para download (Imagem:Divulgação)

O consumidor exige e a cadeia de produção de alimentos está mudando, incluindo na agenda a preocupação com o bem-estar dos animais de produção. No Brasil, a organização não-governamental Humane Farm Animal Care é a única a oferecer a certificação que garante que o animais tiveram uma vida digna do nascimento ao abate. Grandes empresas como a Sadia – em sua linha com o chef Jamie Oliver – e a Korin já obtiveram o selo Certified Humane que exige que todos os fornecedores estejam em acordo com as regras da certificação. Entre os requisitos, as aves não podem ser criadas em gaiolas, os suínos não podem ficar em jaulas e devem ter espaço para se movimentar e uma série de outras normas que garantam o bem-estar dos bichos.

O programa, que surgiu em 1998 nos Estados Unidos, tem 166 empresas certificadas no Chile, Peru, Canadá, além do Brasil e EUA, atingindo 5.600 fazendas e granjas.

“A cadeia de produção de alimentos passa por uma transformação profunda impulsionada, principalmente, pelo comportamento dos consumidores, que não aceitam mais condições de maus tratos aos animais de produção”, diz o Diretor Geral para a América do Sul da Humane Farm Animal Care, Luiz Mazzon. Um estudo realizado pela organização não-governamental World Animal Protection, divulgando em dezembro passado, mostrou que 82% dos consumidores comprariam produtos que tivessem um selo de bem-estar animal. A pesquisa foi feita nos principais países latino-americano, incluindo o Brasil. “Essa é uma tendência irreversível e os produtores que não estiverem alinhados com isso certamente perderão mercado. O ciclo é puxado pelo consumidor. As empresas já estão acordando para isso e o produtor vai ter que se adaptar”, diz Mazzon.

A boa notícia é que os custos para a certificação são bastante acessíveis para qualquer porte de produção, pois são proporcionais ao número de animais. E uma vez feito o investimento inicial que garante o bem-estar dos bichos, a manutenção é bem mais simples. Na ponta do lápis, o investimento por animal acaba pesando pouco nos custos totais da produção.

LINK PARA DOWNLOAD DO EBOOK


Fonte: AI

Anúncios

Ajude na discussão do tema. Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s