Grupo Pão de Açúcar investe em projetos de eficiência energética

Lojas recebem modificações em sistemas de refrigeração, ar-condicionado e iluminação – e economizam, em média, 25% de energia elétrica

O GPA irá implementar este ano projetos de eficiência energética em sistemas de refrigeração, ar-condicionado e iluminação em mais de 150 lojas do Rio de Janeiro, São Paulo e região Nordeste do país, cerca de 20 por mês até dezembro, em continuidade ao trabalho iniciado em 2015. O programa é implantado pela GreenYellow, empresa do Grupo Casino, e tem a proposta de reduzir o impacto do varejo no meio ambiente, reduzir custos operacionais e aumentar o desempenho das lojas. Com estas mudanças, a diminuição média de consumo total de energia em cada uma das unidades está em 25%.

As adaptações começaram com os hipermercados (137) e agora se estendem para as redes Extra Supermercado e Pão de Açúcar. Cinco centrais de distribuição (CDs) também estão sendo modificadas. A conclusão deste trabalho consolidará aproximadamente 500 lojas modificadas e está prevista daqui a dois anos.

A energia (62 mil MWh) que deixou de ser consumida nos Hiper Extra já beneficiados é equivalente ao consumo residencial de uma cidade como Campos de Jordão (SP) por um ano.

As ações são customizadas para cada uma das lojas, de acordo com as demandas e características de cada negócio. Lâmpadas antigas estão sendo substituídas por leds e novas linhas de iluminação automatizadas permitem alternar a luminosidade e planejar a quantidade de luz em diferentes setores. Acrescenta-se ainda a adoção de melhorias no sistema de refrigeração com o fechamento de ilhas e balcões, instalação de inversores de frequência e automação e novas regulagens no ar condicionado, o que reduz a necessidade da produção de frio considerando a temperatura de fora e de dentro da loja.

“É feito um estudo minucioso para identificar oportunidades em cada uma das lojas e adequar o sistema de ar condicionado, iluminação e refrigeração a cada necessidade. Aproveita-se a luz natural e automatiza-se todo o processo, de modo a evitar o desperdício”, afirma Pierre-Yves Mourgue, Diretor Presidente da GreenYellow.

Todas as intervenções são permanentemente monitoradas por uma equipe que recebe alarmes se acontece alguma não conformidade e imediatamente entra em contato com o responsável da loja para as devidas correções. Isto é feito durante toda a vigência do contrato para garantir que a economia mínima projetada seja obtida.

O consumo de energia continua crescendo no Brasil. Acrescenta-se a esse cenário o impacto das mudanças climáticas e da distribuição das chuvas. Em abril deste ano o Brasil e outros 194 países, dentre os quais China e Estados Unidos assinaram acordo sobre clima nas Nações Unidas se comprometendo a reduzir em 9,8% da energia até 2030. Ciente da necessidade, o GPA dá sua contribuição.


Fonte: Assessoria de Imprensa

Anúncios

Ajude na discussão do tema. Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s