Comissão de Ecologia aprova medidas que devem evitar o desperdício de água e incentivar o seu reaproveitamento

A Comissão de Ecologia e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Rasca Rodrigues (PV), aprovou dois dos três itens que compunham a pauta da reunião realizada na tarde desta terça-feira (3).  Foram aprovados os projetos de lei nº 24/2015, de autoria da deputada Cantora Mara Lima (PSDB), que institui Campanha de Redução do Consumo de Água através de programas educativos, adoção de sistemas alternativos de captação e armazenamento de água para fins domésticos e industriais, reutilização e utilização racional do recurso na agricultura; e nº 577/2015, da deputada Claudia Pereira (PSC), que dispõe sobre o descarte ambientalmente adequado de filmes de radiografia usados com a utilização de coletores e ainda a redução desse tipo de material com exames menos invasivos. Já o projeto de nº 672/2015, do deputado Claudio Palozi (PSC), que institui o Dia da Unidade de Conservação Ambiental, a ser comemorado anualmente no dia 30 de setembro, teve pedido de vista solicitado pelo deputado Pedro Lupion (DEM).


Além dos projetos, os deputados membros da comissão acataram o indicativo de participação do Grupo Especial de Assessoramento para promover estudos ambientais em Reservas Naturais Particulares/Privadas, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.


Comissão de Turismo – A Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Chico Brasileiro (PSD), também se reuniu nesta terça-feira, na sala de reuniões anexa ao Plenário da Alep, para apresentar propostas e discutir assuntos como a criação de área especial de interesse turístico do Paraná e para discutir a alternativa da reabertura dos cassinos no Brasil, em debate no Congresso Nacional. Ainda durante a reunião foram discutidos pontos referentes à organização da audiência pública sobre o potencial turístico dos cruzeiros marítimos no Paraná, que deve acontecer no dia 11 de abril. “No Paraná nós temos um grande potencial, porque temos muitos cruzeiros que passam próximos à nossa costa, mas não param. Para que isso aconteça basta que façamos investimos em uma área de recepção no nosso porto, com uma política voltada para receber esses cruzeiros que vêm muitas vezes com dois, três mil turistas,” destacou o deputado Chico Brasileiro.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Anúncios

Ajude na discussão do tema. Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s