Copagaz investe em programa de roteirização inteligente e monitoramento de emissões de sua frota

Apesar de crescer em market-share e produtividade, empresa registra redução no consumo de recursos como água e energia. Investimentos em Transporte e Logística foram determinantes para queda no índice de emissão de poluentes.

Como empresa em expansão, a Copagaz tem tido um cuidado cotidiano em monitorar e buscar rotas inteligentes para uma frota em crescimento. Implantada em 2013, a roteirização da frota de auto tanques da companhia se consolidou em 2014. Do ano passado para esse, o número de toneladas de GLP transportadas em auto tanques aumentou 6%. Mesmo com essa alta, a distribuidora reduziu em 357,884 tCO2e as emissões de gases de efeito estufa (GEE), já que a medida aumentou o controle e diminuiu perdas operacionais, como de consumo de combustível – redução de 132.309 litros de diesel e quilometragem percorrida – queda de 367.819 quilômetros rodados.  Para esse ano, o plano é expandir a iniciativa para o controle da frota de GLP envasado.

image002

image003

As ações de sustentabilidade relacionadas ao seu core business – a logística da distribuição de um produto de primeira necessidade a milhares de lares Brasil afora – não param por aí. Após tornar-se a pioneira no setor de GLP (popularmente conhecido como gás de cozinha) na criação de um inventário de emissões, em 2012, a Copagaz amplia suas ações “verdes”. Tendo a sustentabilidade como mote principal de suas operações desde a sua fundação, em 1955, a quinta maior distribuidora de GLP do país, passou a realizar medição das emissões da frota de revendedores. Por meio de ferramenta web, as revendas disponibilizaram, a cada mês, informações sobre combustível utilizado, distância percorrida, volume e gasto de combustível, para cada um de seus veículos.

“O resultado foi bom tanto para a gestão da Copagaz, que pôde estimar a emissão dos seus revendedores, como para as próprias revendas, que iniciaram um processo de monitoramento de gastos relacionados à frota e sentiram impactos positivos em sua gestão”, explica Ueze Zahran, presidente da Copagaz.

Ações ambientais

Entre as ações realizadas ao longo de 2014 e apresentadas nesta última edição do relatório de sustentabilidade da Copagaz, destacam-se:

· Submissão das frotas própria e terceirizada a aferição veicular em 15 filiais. Mais de 350 aferições foram feitas ao longo do ano, apresentando aprovação de 89% dos veículos

· Manutenção do programa de renovação – a cada cinco anos para os caminhões Bob-tail (para abastecimento do setor industrial) e dois anos para os demais. O investimento total nesta iniciativa é de cerca de R$ 8 milhões por ano

· Redução no consumo de energia (13% na direta e 8% na indireta). O resultado mostra que a empresa gastou menos energia, mesmo registrando aumento na produtividade e crescimento do volume de vendas, que passou de 587.736 toneladas de GLP para 602.599 toneladas, de um ano para o outro

· Em meio a um período de forte estiagem e crise no abastecimento, a Copagaz registrou queda de cerca de 4% no consumo de água em 2014

· Redução de 70% do índice de emissão de poluentes atmosféricos, em comparação ao ano anterior

· Em 2014, a empresa alcançou uma redução de 51% dos resíduos gerados, o que se explica, pela melhoria contínua na gestão de geração de resíduos e na manutenção preditiva dos equipamentos

Ações sociais com foco na educação

· No ano passado, a empresa manteve parte de seu orçamento investido na realização de programas de capacitação e educação de seus mais de 1600 colaboradores, com destaque para oferta de cursos supletivos no local de trabalho para os colaboradores que não tenham concluído o Ensino Fundamental e Médio, investimento de R$1,5 milhões na concessão de bolsas de estudos com subsídio de até 70% dos custos pela empresa, e

· Implantação do Programa de Inclusão Digital em todas as suas unidades de negócios

Atuação responsável

Mesmo em um ambiente macroeconômico adverso, 2014 representou muitas oportunidades de investimentos para a Copagaz. A empresa cresceu 2,53% em relação a 2013, o dobro dos 1,25% de crescimento do mercado nacional.  Modernização e automação das 19 filiais, renovação de equipamentos, abertura de nova unidade – localizada em Ibirité (MG), que considerou aspectos de sustentabilidade em sua construção foram apenas algumas das ações implementadas pela companhia.  Para isso, foram investidos ao longo do ano, mais de R$ 1 milhão em custos com proteção ambiental.

“Seguimos nosso caminho de crescimento sempre comprometidos com os princípios da sustentabilidade. Sabemos que para avançar nesse aspecto não basta trabalhar a gestão interna. É necessário promover boas práticas em toda a cadeia de valor”, completa Zahran.

· Em 2014, o programa de requalificação continuou a todo vapor. Testamos no total 1.387.629 botijões de 13 kg, sendo que, 139.565 foram descartados e 1.248.064 foram requalificados e continuam em circulação no mercado

· Em 2014, a Copagaz verificou aumento nas emissões da frota própria, devido ao aumento da frota e da produtividade, passando de 6591,8 toneladas de GLP (2013) para 7526,30 toneladas (2014)

· Em 2014, a Copagaz elaborou seu terceiro inventário, de forma a monitorar e mensurar suas fontes emissoras. Foi identificado um aumento explicado pelo acréscimo no volume de gás envasado, tendo comercializado 2,6% a mais do que em 2013. No entanto, vale ressaltar que houve uma mudança no fator de emissão da matriz energética brasileira pelo uso das termelétricas, ou seja, se o fator de emissão tivesse se mantido igual a 2013 (para efeitos comparativos), a Copagaz teria reduzido seu indicador de intensidade de emissão em 1%

“Nós estamos nos preparando para atender a todos os preceitos da Lei Estadual de Mudanças Climáticas. Temos um compromisso assumido com a sustentabilidade empresarial e com o fato de buscarmos resultados econômicos, sem, no entanto, descuidarmos da eficiência no uso de recursos socioambientais”, afirma Elizete Paes, presidente do Comitê de Sustentabilidade da Copagaz.

 

Sobre o relatório de sustentabilidade 2015:

· O Relatório de Sustentabilidade da Copagaz retrata as ações e programas adotados pela companhia entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2014.

· Desde 2006, a elaboração do documento segue a versão  G3.1, das diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) e se  enquadra no nível de aplicação A+, adequado aos relatórios com informações sobre todos os indicadores essenciais certificados pela GRI.

· Pelo sexto ano consecutivo, o relatório foi submetido à auditoria externa, que ficou a cargo da BDO RSC 

Sobre a Copagaz

Fundada há 59 anos, a Copagaz é distribuidora e engarrafadora de gás liquefeito de petróleo, o GLP (gás de cozinha). Atualmente, produz 500 mil toneladas de GLP por ano, faturando mais de R$ 1 bilhão. Possui mais de 1500 colaboradores e está presente em 18 estados brasileiros e no Distrito Federal, por meio de suas 13 engarrafadoras, 14 depósitos avançados (DAC’s) e uma rede composta por mais de 2,5 mil revendedores, que abastecem milhões de lares, indústrias e empresas. Associada ao Instituto Ethos, desde 2001 é signatária do Pacto Global das Nações Unidas, cujo objetivo é mobilizar a comunidade empresarial a fim de que promova valores fundamentais nas áreas de direitos humanos, direitos do trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Fonte: Virta Comunicação Corporativa

Anúncios

Ajude na discussão do tema. Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s