Construção incorpora madeira sustentável

Revestimentos utilizam lâminas de madeira nobre na superfície, evitando o desperdício de madeira como em um piso maciço. A produção desses pisos de madeira, contudo, deve seguir critérios rigorosos de produção e controle, para garantir a preservação da natureza

PisosSustentaveis

jornal da manhã/reprodução

A preocupação com o meio ambiente deixou de ser um diferencial para ser um valor primordial em todo o processo produtivo de empresas e fábricas, independente do porte ou ramo de atuação. A tendência agora ultrapassa a obrigação de zelar pela preservação, é indispensável tomar medidas que gerem resultados benéficos ao planeta.

Há empresas, por exemplo, que produzem pisos multiestruturados em madeira, que se diferenciam do maciço por ter base composta de lâminas torneadas de madeiras tropicais e de reflorestamento, que são montadas de maneira em que as fibras fiquem cruzadas e revestidas com capas de madeira nobre. “A característica é a mesma de um piso maciço, porém só utilizamos a parte útil da madeira na superfície, evitando o desperdício na base e maximizando sua vida útil”, explica Fabio Valerio, da Masterpiso Engineered Floor.

Durante o processo de fabricação dos pisos os resíduos não são descartados e sim transformados. “Por se tratar de madeira, principalmente para a base, que deve ser 100% estável, inevitavelmente são geradas lâminas que não passam no controle de qualidade. Estas são encaminhadas para a caldeira onde é gerada energia térmica para utilização própria, no aquecimento das prensas. Caso a quantidade seja superior à demanda interna, a mesma é destinada a clientes externos, gerando uma renda atual que abate cerca de 35% do consumo de energia”, equaciona.

Para a arquiteta Rose Guazzi, que preza pelo uso de produtos sustentáveis, eles vêm a somar na execução do projeto. “Os produtos sustentáveis o tornam mais eficiente e moderno. Eles respeitam o consumidor, a sociedade e o meio ambiente, pois é um produto que não faz mal a saúde e tem qualidade comprovada. A segurança de ter um produto que preserva os recursos naturais certamente faz toda a diferença”, explica.

Procedência: pisos sustentáveis devem seguir as normas do Ibama
A produção de produtos sustentáveis requer um cuidado especial com a matéria-prima. As madeiras utilizadas pela empresa passam por um rigoroso controle de entrada na Indusparquet, onde são verificados todos os requisitos legais de corte, manejo e transporte da madeira, que são controlados por institutos governamentais como o Ibama. Todo o material utilizado passa por um longo período de estabilização e dentro disso um rigoroso controle de procedência. Para Rose, a preocupação com o meio ambiente é um dever. “Temos que preservar os recursos naturais, valorizar as riquezas que temos hoje, para garantir um futuro limpo”, finaliza.

Fonte: Jornal da Manhã

Anúncios

Ajude na discussão do tema. Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s