Acreano cria máquina e mini-indústria de vassouras feitas de garrafas pets

Máquina foi criada para desfiar a garrafa e transformar em vassouras.
‘Estou patenteando a ideia, já dei entrada no processo’, diz criador.
Francisco Viana criou máquina para fazer vassouras de garrafa pet (Foto: G1/reprodução)

Francisco Viana criou máquina para fazer vassouras de garrafa pet (Foto: G1/reprodução)

Com uma média de produção de 240 vassouras por dia, o artesão e microempreendedor Francisco Viana, de 62 anos, expõe sua criação durante a Expoacre, emRio Branco. De acordo com ele, a ideia de fazer uma máquina de desfiar garrafa pet surgiu após aprender a fazer vassouras com o material. Ele diz que o processo de criação foi aos poucos.

“Comecei cortando com a tesoura e depois de seis meses consegui desenvolver uma máquina. Primeiramente, eu usei madeira e uns rolamentos velhos que consegui na oficina. Depois vi que dava para motorizar, consegui um motor de máquina de lavar roupa e aí foi crescendo mais a produção. Há oito anos que trabalho com isso e o mercado tem aceitado de forma bem acolhedora”, conta.

Com a invenção, segundo Viana, a garrafa pet é desfiada em 11 segundos. Com isso, a produção diária é de 20 dúzias por dias. “Tenho 15 funcionários ligados a mim, direta e indiretamente. Mensalmente conseguimos fazer uma média de 500 dúzias mensais e distribuímos para supermercados e municípios e tem dado certo”, alega.

Com a venda de 500 dúzias, ele consegue faturar R$ 27.500 por mês. Além dos funcionários da empresas, há também catadores de lixo que ficam responsável pela matéria-prima de Viana.

Devido à exposição na maior feira de agronegócios do estado, o artesão conta que já conseguiu conversar com algumas pessoas de outros países que visitaram seu estande e se interessaram pela máquina, que atualmente ele tenta patentear.

“Tem muita gente daqui mesmo que vem visitar e diz que não sabia que essa vassoura, vendida nos mercados, eram feitas de garrafas pets. E já fiz contatos com gente do Peru, Bolívia e Venezuela. Vamos tentar essa parceria, porque se em cada lugar tem uma máquina dessa é menos garrafa que vai para o lixo e que vai agredir o meio ambiente”, finaliza.

Assista a reportagem neste link

Sem título

Fonte: G1

Anúncios

Ajude na discussão do tema. Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s